Ex-ministro começa a colher frutos da traição ao presidente Jair Bolsonaro e decisões políticas ambíguas.

O ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro (União Brasil) foi severamente vaiado no sábado (6 de agosto) ao visitar uma feira no bairro Juvevê, em Curitiba. Moro atualmente disputa uma vaga para o Senado Federal pelo Paraná.

As vaias foram gravadas e repercutiram bastante nas redes sociais.

A intenção do ex-juiz inicialmente era disputar a Presidência da República. Com o fracasso nas pesquisas, ele tentou disputar o Senado por São Paulo. No entanto, ele acabou barrado pela Justiça Eleitoral por não ter conseguido comprovar o domicílio. Como última opção, Moro optou pela candidatura no Paraná.