Ex-ministro Walter Braga Netto foi confirmado vice na chapa.

Partido Liberal (PL) lançou a candidatura do presidente Jair Bolsonaro à reeleição neste domingo, 24. O evento ocorreu no ginásio Maracanãzinho, na zona norte do Rio de Janeiro, berço político do chefe do Executivo.

A legenda reuniu 12 mil pessoas vestidas de verde e amarelo. O evento começou às 11h, com a presença de Bolsonaro, de aliados políticos, da primeira-dama Michelle Bolsonaro e do ex-ministro Walter Braga Netto, seu vice.

Inicialmente, os ingressos para a convenção foram disponibilizados gratuitamente em um site. O PL, contudo, precisou cancelar inscrições, visto que a deputada Tabata Amaral liderou um movimento de sabotagem ao evento.

O deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP) disse que vai acionar o Conselho de Ética da Câmara contra Tabata.

Principais pontos da convenção

A primeira a falar foi a primeira-dama Michelle Bolsonaro, que discursou por 13 minutos. “Vocês estão aqui apoiando um projeto de libertação da nação”, disse Michelle. “Há quatro anos, passamos por essa experiência e não tínhamos ideia do que íamos enfrentar, não tínhamos ideia do que estava por vir. Essa nação é rica, é próspera. Ela só foi mal administrada. Deus ama essa nação.”

Na sequência, Bolsonaro falou para a plateia: “Quando se fala em poder do povo, alguém acha que o povo cubano não quer a liberdade? Tem? Não. Como chegar a esse ponto? Por escolhas erradas (…) A nossa missão é não atrapalhar a vida de vocês. É, cada vez mais, tirar o Estado de cima de vocês. Estado forte, povo fraco. Povo forte, Estado forte.”

Bolsonaro defendeu ainda diálogo com jovens de esquerda, para entenderem que estão seguindo o caminho errado. O presidente advertiu ainda para os males do comunismo. “Vejam o que está acontecendo com a nossa Argentina”, alertou.

“Nós somos maioria, nós somos do bem, nós temos liberdade para lutar pela nossa pátria”, disse Bolsonaro, ao defender as liberdades de expressão e de imprensa. “Convoco todos vocês agora, para que todo mundo, no 7 de setembro, vá às ruas pela última vez”, disse, sendo ovacionado com uma trilha sonora ao fundo.