Senador afirma que o Brasil se destaca como a primeira nação a admitir oficialmente que os OVNIs existem de fato e têm procedência extraterrestre.

A senadora Eliziane Gama (CIDADANIA/MA) assinou o requerimento que comemora, nessa sexta (24 junho), o “Dia Mundial dos Discos Voadores”. Em sessão especial, os 75 anos do Dia Mundial da Ufologia, ramo de pesquisa sobre objetos voadores não-identificados (Ovnis) e fenômenos relacionados, foi celebrado no Senado Federal.

O evento atende a requerimento do senador cearense Luis Eduardo Girão (Podemos) e outros parlamentares, aprovado em plenário em 16 de março. Na justificação de seu requerimento, Girão cita um interesse histórico da sociedade em se informar sobre a existência de vida em outros planetas, por isso o motivo da existência do “Dia Mundial dos Discos Voadores”.

No documento, o senador critica o “tabu” das autoridades internacionais em torno do tema e enalteceu o papel dos praticantes de ufologia, que, segundo ele, fazem o trabalho de averiguação e divulgação que deveria caber aos governos.

Além de Eliziane Gama (CIDADANIA/MA), Alessandro Vieira (CIDADANIA/SE),Izalci Lucas (PSDB/DF), Jorge Kajuru (PODEMOS/GO),  Marcos do Val (PODEMOS/ES), Paulo Rocha (PT/PA) e Reguffe (PODEMOS/DF) também assinaram o texto.

Ainda segundo Girão, o Brasil se destaca como a primeira nação a admitir oficialmente que os OVNIs existem de fato e têm procedência extraterrestre. “A França só faria o mesmo, vindo em segundo lugar, em 1976, 22 anos depois”, comentou.