ELEIÇÕES 2022

O fator Simplício na eleição 2022

Simplício Araújo

Simplício mostrou ao longo dessa campanha razões sólidas pelas quais decidiu ser candidato, com um Plano de Governo que chama atenção e propostas estratégicas para o desenvolvimento do Maranhão, o candidato se destacou em todos os debates, com coerência e um discurso que prioriza a gestão ao invés das negociatas políticas que ficaram tão evidentes nestas últimas semanas.

É bem notório nas rodas de conversas, seja nas ruas, seja nos grupos de WhatsApp, como Simplício ganhou destaque e impulso nessa reta final. E num cenário onde mais da metade da população não decidiu seu voto, isso poderá fazer a diferença.

Não se pode cravar que essa eleição termine no primeiro turno, e que o grande número de indecisos vai definir quem estará no segundo turno. Mesmo quem diz já estar lá pode ser surpreendido pelo resultado das urnas.

E Simplício tem razão, apesar de inúmeras pesquisas suspeitas terem sido divulgadas, muitas delas com a clara intenção de prejudica-lo, nenhuma é capaz de prever como se comportará essa massa de indecisos, insatisfeita com os candidatos que aparecem na frente. E é aí que o fator Simplício poderá ser a grande surpresa.

Mais que isso a grande certeza é que até o final da eleição, no domingo, não há mais nada que os candidatos, meios de comunicação e apoiadores possam fazer, “a sorte está lançada” desde o último debate. Agora, Simplício tem razão em mais uma coisa, está na mão do povo do Maranhão a grande decisão.

ELEIÇÕES 2022

Mariana arrasta quase 5 mil pessoas em caminhada na cidade de Imperatriz

Mobilização de rua reforça tese que aponta Mariana Carvalho como a bolsonarista com mais chances de eleição no estado neste domingo.

A candidata Mariana Carvalho movimentou a cidade de Imperatriz nesta sexta (30 de setembro). Cerca de 5 mil eleitores e apoiadores marcharam com a bolsonarista nas avenidas Getúlio Vargas, Dorgival Pinheiro e Rua Ceará até às quatro bocas.

A presença de Mariana foi festejada por transeuntes, comerciantes e comerciários em uma ampla demonstração de carinho e apoio.

Desses, outros seguiram organizando o trânsito e transformando o evento no mais organizado e ordeiro dessa campanha.

Marina foi festejada por comerciantes e comerciários, festejada, abraçada, beijada e sacudida também por transeuntes que aproveitaram para demonstrar seu carinho e apoio à candidata bolsonarista com mais chances de eleição em 20.22.

O ex-candidato a prefeito de Estreito Jackson e Júnior Vieira, candidato à deputado estadual, também estiveram presentes testemunhando a grande aceitação de Mariana.

“Obrigada meu Deus, obrigado família, obrigada a todos vocês que vêm caminhando comigo, nas ruas, nas redes sociais, acreditando em um país melhor. Sou Lahésio Bonfim, sou Roberto Rocha, sou Júnior Vieira e claro, sou Bolsonaro”. Finalizou a mais bolsonarista entre todos os candidatos de direita.

ELEIÇÕES 2022

Mega-carreata em apoio a Bolsonaro acontece na Havan neste sábado (1)

Manifestantes pretendem realizar maior ato de apoio a um presidente na capital maranhense das eleições de 2022. São esperadas mais de 30 mil pessoas para to marcado para as 14h

Eleitores e apoiadores do presidente Jair Bolsonaro devem realizar uma carreata pelas ruas da capital maranhense neste sábado (1 de outubro). A concentração do evento deve acontecer por volta das 14h. Além de apoio ao presidente, o movimento deve enaltecer os valores cristão, da família e liberdade.

Nas últimas duas manifestações, em 7 de setembro de 2021 e 7 de setembro de 2022, mais de 30 mil pessoas participaram dos atos. Os atos são considerados as maiores manifestações com adesão popular da história da capital maranhense.

Bem como em edições anteriores, os organizadores esperam um clima pacífico e familiar. “Todas as vezes tudo acontece com civilidade e sem nenhum tipo de problema. Muito ao contrário da esquerda, que só se reúne para promover uso de drogas e quebra-quebra”, disse um dos organizadores.

Os manifestantes devem sair da Havan e seguir pelas avenidas Daniel de La Touche, Litorânea, Holandeses, Colares Moreira e passar pela ponte do São Francisco.

DENÚNCIA

Vice de Tebet acusa Lula de pagar R$ 12 milhões para não ser ligado a caso Celso Daniel

Mara Gabrilli afirmou na manhã desta quarta (28) que Lula pagou quantia para não ser ligado a assassinato de prefeito

Em entrevista a um programa de rádio na manhã desta quarta (28 de setembro), a senadora e candidata a vice-presidente na chapa com Simone Tebet, Mara Gabrilli, faz graves acusações contra o ex-presidente  Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Segundo ela, o petista pagou R$ 12 milhões para não ser exposto “como mentor do assassinato” do ex-prefeito Celso Daniel. Segundo a parlamentar, o ex-presidente foi chantageado pelo empresário Ronan Maria Pinto, do ramo de transporte público no ABC paulista.

“O Ronan Maria Pinto, se não fosse pago, ele ia entregar o Lula como mentor do assassinato do Celso Daniel. Esse é o teor da chantagem. E o Lula pagou. Como é que que alguém que não tem nenhum envolvimento pagaria? O Lula pagou os R$ 12 milhões da chantagem sim para o Ronan Maria Pinto calar a boca e ficar quieto”, disse a senadora na entrevista.

De acordo com a congressista, Ronan Maria Pinto fazia parte da quadrilha que extorquia empresários em Santo André. Ronan foi condenado pela Lava Jato por lavagem de dinheiro, e atualmente está sendo monitorado por tornozeleira eletrônica.

“Ele era um dos que extorquiam o meu pai. E ele, depois que o Celso Daniel já tinha sido morto, ele foi lá, típico dele, oportunista, foi lá tentar ganhar uma graninha, fazer uma chantagem (…). Existe o documento do dinheiro que entrou na Nova Santo André, na empresa do Ronan. Sabe por quê? Por que a chantagem que ele fez foi paga”, afirmou.

Ela relatou ter ficado sabendo das informações ao visitar o operador do mensalão, Marcos Valério, na prisão. Após insistência, ele teria revelado o caso para ela. Gabrilli também afirma que “implorou” ao Ministério Público de São Paulo para ouvir o detento, mas o órgão “acabou encobrindo o caso”.

“Desde o princípio, o Ministério Público de São Paulo acabou encobrindo o caso. E quem que era o governador na época? Geraldo Alckmin. E hoje estão juntos, Geraldo Alckmin e Lula, com uma mácula dessa, um assassinato brutal desse”, acrescentou.

Prefeito de Santo André e coordenador da campanha de Lula em 2002, Celso Daniel foi encontrado morto em janeiro do mesmo ano, com marcas de tortura e tiros em uma estrada de Juquitiba (SP). Ele havia sido sequestrado após deixar um restaurante na capital paulista. Inicialmente, a Polícia Civil apontou que tratava-se de “crime comum”, mas o Ministério Público declarou que a versão não se sustentava.

Segundo os irmãos de Celso Daniel, Bruno José Daniel Filho e João Francisco Daniel, o homicídio foi um crime político para queima de arquivo. Celso estaria envolvido em uma esquema de corrupção de empresários do setor de transportes e funcionários da Prefeitura de Santo André para desviar dinheiro para o Partido dos Trabalhadores.

CRIME ELEITORAL?

Polícia Rodoviária Federal prende supostos cabos eleitorais de Carlos Brandão

Caso é tratado como possível compra de votos nos dias que antecedem as eleições

Uma operação de rotina da Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, nesta quarta (28 de setembro), uma pick-up S10 transportando R$ 12 mil em dinheiro em espécie e santinhos do governador Carlos Brandão. Também foram apreendidos materiais de outros candidatos. Há a suspeita de que os envolvidos estariam atuando na compra irregular de votos antes das eleições.

Os policiais também encontraram um caderno com informações de eleitores como nome completo, local de votação, endereço e telefone e a inscrição “agenda de amigos”.

A abordagem aconteceu na BR-135, nas proximidades de Bacabeira. Segundo a assessoria de comunicação da PRF, o motorista tentou esconder os pacotes com dinheiro, além de um caderno com informações detalhadas de eleitores, com nome completo, endereço, telefone e local de votação.

Sem conseguir explicar a origem dos recursos, condutor e motorista foram conduzidos à delegacia. A suspeita é de que o montante seria utilizado para comprar votos na região.

Solicitados a informar a origem do dinheiro, os dois não conseguiram informar, sendo, então, encaminhados para uma delegacia de Polícia Civil.

ELEIÇÕES 2022

Os candidatos de direita com chance de eleição para deputado federal no Maranhão

Saiba quem são os candidatos que figuram como principais opções do eleitor que pretende eleger deputados federais no Maranhão alinhados ao presidente

Disputam as eleições para deputado federal no Maranhão 367 candidatos. Destes, a população maranhense irá eleger 18 parlamentares para a bancada federal que irão representar o estado na Câmara Federal. Com maioria absoluta formada por comunistas, hoje a bancada maranhense não conta com nenhum deputado que se habilite como sendo “direita”. Todas as outras correntes (esquerda, centro-esquerda, centro e centro-direita) possuem representação.

Abaixo a lista dos principais candidatos maranhenses que postulam o posto de primeiro deputado federal de direita do estado desde a redemocratização em 1989.

CORONEL MONTEIRO – 2201 (PL)

BIOGRAFIA: Maranhense, casado e militar reformado. Monteiro é funcionário público e tem 74 anos. Integra o grupo de lideranças bolsonaristas da capital maranhense. Em 2018 pretendia concorrer ao cargo de governador. Após a vaga ser ocupada por Maura Jorge, afastou-se das eleições. Foi o líder da tentativa de fundar o partido Aliança Brasil no Maranhão. Monteiro disputa sua primeira eleição agora em 2022. Foi o candidato bolsonarista que menos recebeu recursos do Fundão Eleitoral para gastar: R$ 148.500,00

CHANCES: A disputa interna no PL é a mais acirrada e difícil em todos os outros partidos. A legenda abriga os deputados federais Josimar de Maranhãozinho, Junior Lourenço e Pastor Gil. Além deles, também disputam a deputada estadual Detinha (esposa de Josimar) e o suplente de deputado federal Paulo Marinho Junior. Além de conquistar muitos votos, precisa torcer contra mais de 5 concorrentes. Apenas uma votação acima de 140 mil votos garante a eleição. A CHANCE DE ELEIÇÃO PEQUENA.

ALLAN GARCES – 1122 (PP)

BIOGRAFIA: Paraense, casado e médico. Allan Gacês tem 53 anos e iniciou sua carreira política em 2012, quando tento ser vereador em São Luís. Já disputou eleições pelo PSDB, PMB, PSL e PP. Foi coordenador-geral de Gestão de Projetos de Saúde Digital do Ministério da Saúde na gestão de Jair Bolsonaro. Garcês ajudou a organizar e liderou as manifestações pelo impeachment de Dilma na Avenida Litorânea, em São Luís. Foi o candidato bolsonarista que mais recebeu recursos do Fundão Eleitoral para gastar: R$680.000,00

CHANCES: É considerado como a terceira força dentro do próprio partido, o PP. André Fufuca e a filha do prefeito de Caxias, Amanda Gentil, devem superar 100 mil votos. Para eleger-se, Garcês deve assegurar uma votação de, pelo menos, 120 mil votos. A CHANCE DE ELEIÇÃO É PEQUENA.

Mariana Carvalho – 2022 (PSC)

Maranhense, casada e empresária. Mariana Carvalho tem 28 anos e é a única entre os candidatos com ambiente eleitoral no interior do estado. Trabalhou no governo federal como coordenadora-geral de Gestão de Projetos de Saúde Digital do Ministério da Saúde. Iniciou sua carreira política em 2017 disputando uma vaga na Câmara Federal no mesmo partido de Jair Bolsonaro. Depois disso filiou-se ao PSC e representou conservadores na eleição para a Prefeitura de Imperatriz. Organizou o primeiro comitê de Bolsonaro nas eleições de 2022 no Maranhão.

CHANCES: Entre os três partidos que abrigam bolsonaristas, o PSC é o que tem a menor disputa interna. Apenas o deputado federal Aluísio Mendes é considerado puxador de votos. Ao contrário dos demais, Mariana foi a única candidata que optou por fazer campanha independente pelo interior do estado. Uma votação mínimo de 80 mil votos a coloca na disputa. A CHANCE DE ELEIÇÃO É MEDIANA.

Pastor Silvio Antônio – 2228 (PL)

Maranhense, casado e administrador de empresas, Silvio Antônio é uma reconhecida liderança religiosa no estado. Disputou sua 1ª eleição em 2010 para deputado estadual pelo PTdoB. Depois disso saiu candidato a deputado federal em 2018 pelo PSL, prefeito pelo PRTB em 2020 e agora deputado federal. Silvio Antonio é o candidato bolsonarista que teve o melhor desempenho nas últimas eleições. Em 2018 teve 23.884 votos. Na disputa pelo prefeitura de São Luís, em 2020, teve 16.070.

CHANCES: Assim como Monteiro, Garcês enfrenta as mesmas dificuldades impostas pela escolha de disputar pelo PL. A CHANCE DE ELEIÇÃO É PEQUENA.

Flavia Berthier – 2000 (PSC)

Maranhense, casada e digital influencer, Flavia Berthier disputa sua segunda eleição. Em 2020 tentou eleger-se vereadora, sem sucesso, pelo PSL. Nas redes sociais, Berhier tem a maior atuação entre todos os candidatos. Por isso fundamenta sua militância no ambiente virtual. Organizou a caravana maranhense para o 7 de setembro em 2021. É conhecida por polêmicas com outras lideranças bolsonaristas.

CHANCES: Assim como Mariana Carvalho, precisa da menor votação entre todos para entrar na disputa. A falta de experiência dificultou o início da campanha. A CHANCE DE ELEIÇÃO É MEDIANA.

ECONOMIA

Brasil gera 278,6 mil empregos formais em agosto, diz Caged

Acumulado do ano chega a 1,8 milhão de novas vagas de emprego para os brasileiros

O Brasil gerou 278.639 postos de trabalho em agosto deste ano, resultado de 2.051.800 admissões e de 1.773.161 desligamentos de empregos com carteira assinada. No acumulado de 2022, o saldo é de 1.853.298 novos trabalhadores no mercado formal. Os dados são do Ministério do Trabalho e Previdência, que divulgou hoje (29), em Brasília, as Estatísticas Mensais do Emprego Formal, o Novo Caged.

O estoque de empregos formais no país, que é a quantidade total de vínculos celetistas ativos, chegou a 42.531.653 em agosto, o que representa um aumento de 0,66% em relação ao mês anterior.

No mês passado, o saldo de empregos foi positivo nos cinco grupamentos de atividades econômicas: serviços, com a criação de 141.113 postos distribuídos principalmente nas atividades de informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas; indústria, com 52.760 novos postos, concentrado na indústria de transformação; comércio, saldo positivo de 41.886 postos; construção, mais 35.156 postos de trabalho gerados; e agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura, que criou 7.724 novos empregos.

O ministro do Trabalho e Previdência, José Carlos Oliveira, destacou que é o terceiro mês em que o setor industrial registra alta nas contratações, o que contribui para elevar a renda da população.

“Isso quer dizer que estamos retomando o movimento da indústria brasileira e isso é importante porque traz um valor agregado aos nossos produtos e também vai elevar a média dos salários dos brasileiros. A indústria, via de regra, requer uma melhor qualificação, consequentemente, o setor crescendo, a média do salário do brasileiro acaba crescendo também”, explicou.

Variações por região

Todas as regiões do país tiveram saldo positivo na geração de emprego no mês passado, sendo que houve aumento de trabalho formal nas 27 unidades da federação.

Em termos relativos, dos estados com maior variação na criação de empregos em relação ao estoque do mês anterior, os destaques são para Roraima, com a abertura de 1.081 postos, aumento de 1,59%; Rio Grande do Norte, que criou 6.338 novas vagas (1,41%); e Amapá, com saldo positivo de 1.016 postos (1,35%).

Os estados com menor variação relativa de empregos em agosto, em relação a julho, são Santa Catarina, que criou 10.223 postos, aumento de 0,43%; Rio Grande do Sul, com saldo positivo de 9.691, alta de 0,37%; e Piauí, que encerrou o mês passado com mais 831 postos de trabalho formal, crescimento de apenas 0,27%.

Em termos absolutos, as unidades da federação com maior saldo no mês passado foram São Paulo, com 74.973 postos (0,57%); Rio de Janeiro, com 30.838 vagas criadas (0,92%); e Minas Gerais, com a geração de 27.381 postos (0,61%). Já os estados com menor saldo absoluto foram Amapá, com 1.016 postos (1,35%); Acre, com 858 novas vagas (0,93%); e Piauí, que gerou 831 colocações (0,27%).

Em todo o país, o salário médio de admissão em agosto de 2022 foi de R$ 1.949,84. Comparado ao mês anterior, houve acréscimo real de R$ 29,27 no salário médio de admissão, uma variação positiva de 1,52%.

As estatísticas completas do Novo Caged estão disponíveis na página do Ministério do Trabalho e Previdência.

BEBIDA ZERO

Saiba como funcionará a Lei Seca Maranhão no dia das eleições

Além do Maranhão, outros oito estados devem instituir normas que irão proibir venda e consumo de bebidas alcoólicas no próximo dia 2 de outubro.

O Maranhão será um dos nove estados que vão restringir a venda de bebidas alcoólicas no dia das eleições. A justificativa é “evitar perturbações durante a votação”. Nestes estados, a Lei Seca vai valer para o próximo domingo (2), primeiro turno do pleito, e em 30 de outubro, no caso de um segundo turno. Os horários variam de estado para estado.

Além do Maranhão, Acre, Amazonas, Ceará, Roraima, Rio Grande do Norte, Mato Grosso do Sul, Paraná e Tocantins já anunciaram a proibição. As demais unidades da federação ainda avaliam a possibilidade de adoção da Lei Seca. 

A portaria no Diário Oficial que trata sobre a proibição da venda, do fornecimento e do consumo de bebida alcoólica no período eleitoral já foi publicada. Em seu conteúdo, ela proíbe a venda, o fornecimento e o consumo de qualquer tipo de bebida alcoólica em locais públicos da 0h às 22h de domingo (2 de outubro).

O descumprimento desta Portaria caracteriza prática de crime de desobediência, previsto no art. 330, do Código Penal Brasileiro, culminando na condução do comerciante à Autoridade da Polícia Civil para adoção das providências criminais cabíveis.

Quem não respeitar a proibição poderá ser preso em flagrante por desobediência e descumprimento de ordens da Justiça Eleitoral.

ELEIÇÕES 2022

Simplício prova que convênios de Brandão não geram empregos e nem ajudam a combater a pobreza

Ex-secretário confrontou governador no último debate da TV Mirante

Ao abordar o candidato a reeleição Carlos Brandão no debate da Mirante ontem, Simplício desnudou completamente o atual governador, provando que os convênios com prefeitos aliados são meramente eleitoreiros.

“Brandão, não vi o ex-governador Flávio Dino, no governo passado, distribuir convênios sem critérios, aliás nenhum convênio foi feito com prefeito algum, agora o pior de tudo Brandão, é que você distribui milhões e milhões e esse dinheiro todo, igual ao orçamento secreto de deputados federais e senadores, não geram um emprego novo de carteira assinada, não tem construções que justifiquem tanta grana e nem ajudam a diminuir a pobreza”, disse Simplício Araújo candidato a governador do Solidariedade.

Simplício apontou como prova os números do Caged, mostrando que em 2021 o Maranhão teve, de abril a julho, um saldo de empregos positivos de mais de 21 mil carteiras novas assinadas, enquanto no mesmo período de Brandão no governo, com esse montante de convênios o Maranhão só teve cerca de 20 mil novas carteiras assinadas acima do número de demissões no mesmo período, “E olha que você está colhendo os frutos do trabalho que eu fiz na Secretaria de Indústria, comércio e energia com chegada de indústria de fertilizantes, porto e a retomada da Alumar, que sozinha ainda está convocando novos empregos dos
2500 diretos e 2500 indiretos, imagina eu se isso não tivesse feito isso”, finalizou Simplício.

Brandão foi também perguntado onde estava em 2020, de março a agosto, quando a pandemia estava aterrorizando os maranhenses. Simplício demonstrou que as próprias redes sociais do então vice-governador demostram que ele não tem registro de uma ação para ajudar o povo maranhense no período, se escondendo ou usando o trabalho do governador e até do próprio Simplício para dizer que estava fazendo algo. “Não existe uma do foto sua em nenhuma ação para ajudar nosso povo, você sumiu do Maranhão dia 19 de março é só reapareceu em 13 de agosto, num evento político”disse Simplício.

Nos bastidores o candidato do Solidariedade sinalizou que Brandão tenha ido para Brasília, onde reside sua família.

ELEIÇÕES 2022

Povo de São João Batista reconhece trabalho e manifesta apoio a Aluísio Mendes

Ato em apoio ao deputado Aluísio Mendes em São João Batista reuniu milhares de pessoas

Milhares de pessoas saíram às ruas nesta para declarar apoio à reeleição do deputado federal Aluisio Mendes (PSC) terça (26) em São João Batista. Recepcionado pelo prefeito Mecinho e acompanhado pelo deputado estdual Glalbert Cutrim, Mendes participou de motociada e caminhada na cidade passando pelos bairros de Campinas, Paulo 6 e no centro da cidade.

O prefeito enumerou o trabalho do parlamentar por São João Batista nos últimos anos e assegurou que o trabalho será reconhecido no próximo domingo (2). “Sou muito grato por tudo o que o deputado Aluisio Mendes fez em nosso município, como por exemplo do Viatura, a pá Carregadeira, os quase 2 milhões em vicinais e investimentos na saúde do município que nos ajudaram no momento da pandemia e para o pagamento da folha salarial dos nossos médicos e enfermeiras. Por tanta ajuda é que hoje eu sou fechado com Aluisio Mendes, e peço que a população de São João Batista, também seja, que possamos retribuir com nossos votos o trabalho do deputado, para que possa continuar atuando pela nossa cidade”, disse Mecinho.

Os presentes aplaudiram o discurso do prefeito e confirmaram a popularidade do trabalho de Mendes na cidade. Em discurso, Aluísio agradeceu aos presentes e se disse orgulhoso por ver a vida do povo de São João Batista melhor.

“Hoje estou aqui em São João Batista, feliz e grato, por ser tão bem recebido, por esse belo evento preparado por nosso amigo Mecinho, nos aliamos em Mecinho no começo de 2020, quando se preparava para disputar a eleição, ele me mostrou seu projeto junto do seu pai, Diolindo, e ali enxerguei neles pessoas comprometidas com o município e que mudariam a história da cidade, e isso vem ocorrendo, hoje vemos uma cidade que ficou parada durante muito tempo, e que finalmente está melhorando. Hoje vemos escolas sendo reformadas, hospitais e estradas sendo feitas e reformadas. Parabéns, Mecinho,  pelo seu trabalho e muito obrigado pelo seu apoio nesta campanha”, agradeceu.

ELEIÇÕES 2022

Pesquisa mostra 2º turno entre Carlos Brandão e Lahesio Bonfim

Ex-prefeito e governador lideram intenções de voto para o Governo do Maranhão, segundo Instituto Verita

Pesquisa realizada entre 14 e 18 de setembro pelo Instituto Verita revela que o segundo turno das eleições para o Governo do Maranhão deve ser disputado entre Lahesio Bonfim (PSC) e Carlos Brandão (PSB). Segundo os números do Instituto Veritas, Carlos Brandão tem 37,1 das intenções de voto, Lahesio Bonfim 25% e Weverton Rocha (PDT) aparece com 16,1%. Durante a semana um outro levantamento havia apontado o segundo turno entre os dois. Contudo, após a coligação do senador Weverton Rocha entrar na Justiça, a divulgação do levantamento foi proibida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA)

Além de indicar um possível segundo turno entre Bonfim e Brandão, a pesquisa que apenas quatro candidatos conseguem pontuar acima de 1%.

Os números absolutos da pesquisa estimulada são: Carlos Brandão (37,1%), Lahesio Bonfim (25%), Weverton Rocha (16.1%), Edivaldo Holanda Jr (6,3%), Enilton Rodrigues (0,8%), Frankle Costa (0,7%), Hertz Dias (0,4%), Simplício Araújo (0,3%) e Joas Moraes (0,3%).

Além da intenção de voto para governador, o Instituto Verita também identificou a predisposição e voto dos maranhenses para presidente e senador.

No senado, Flávio Dino (PSB) lidera com 48,4% dos votos. Ele é seguido por Roberto Rocha (PTB) com 25,7%. Em seguida vem Ivo Nogueira (DC) com 3,5; Antonia Cariongo (PSOL) atinge 2,5%. Em último lugar está Saulo Arcangeli (PSTU), com 0,8%.

O levantamento mostra o ex-presidente Lula na liderança das intenções de voto para presidente no estado com 57,1%. O segundo lugar é ocupado por Jair Bolsonaro 32,7. Ele é seguido por Ciro Gomes (PDT) – 3,5%; Simone Tebet (MDB) – 2,4%; Soraya Thronicke (UB) – 0,7%; Vera (PSTU) – 0,1; Sofia Manzano (PCB) – 0,1; Felipe D’Avilla (NOVO) – 0,1%; Padre Kelmon (PTB) – 0,1%; Constituinte Eymael (DC) – 0%.

A pesquisa ouviu 2.040 pessoas entre 14 e 18 de setembro de 2022. A margem de erro é de 3 pontos percentuais e o índice de confiança é de 95%. O número do registro é TER-MA-07960/2022.

A SOCIEDADE REAGE

Advogado dá voz de prisão a desembargador em audiência

Situação aconteceu nesta semana durante sessão na Tribunal Regional do Trabalho. Tiago Jonas Aquino acusou o desembargador Milton Vasques Thibau por abuso de autoridade e decretou sua prisão em flagrante

O advogado Tiago Jonas Aquino deu voz de prisão ao desembargador Milton Vasques Thibau de Almeida em sessão do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-3). A justificativa para o ato foi baseada em suposto crime de abuso de autoridade pelo referido desembargador.

O advogado tomou a decisão após ter um pedido de sustentação oral negado. Tiago Jonas Aquino insistiu e o desembargador determinou que ele saísse da sala de audiências, acompanhado da polícia.

Tiago Jonas Aquino afirmou que estava sendo alvo de abuso de autoridade e deu voz de prisão ao desembargador. Ele destacou que qualquer cidadão brasileiro pode anunciar a prisão de quem cometer crime passível de prisão em flagrante. Porém, durante a transmissão, a ordem não foi acatada pelo policial e o juiz deixou a sessão junto com os colegas. O advogado permaneceu na sessão discutindo com o policial, até que a transmissão foi cortada.

Os desentendimentos entre os dois existem desde 2020, quando o Milton caracterizou uma sustentação de Jonas de “confusa”, durante uma audiência por vídeoconferência. O advogado então xingou o desembargador e o magistrado respondeu dizendo que mudaria seu voto. Na sessão desta quarta, Milton Vasques de fato mudou de avaliação.

Após o incidente, uma sessão acompanhada pela OAB Minas Gerais e a Associação Mineira de Advogados foi definida para decidir a situação do advogado. Tiago Jonas Aquino foi liberado e as duas entidades continuam acompanhando os desdobramentos do incidente com vistas à tomada de providências que julgarem necessárias.

CINISMO

Crítica do Orçamento Secreto, Soraya Thronicke usou R$ 95 milhões dele

Senadora tentou atacar presidente Jair Bolsonaro com prática da qual ela foi uma das maiores beneficiadas do Congresso Nacional

A senadora Soraya Thronicke (União Brasil-MS) usou suas falas no debate do SBT para criticar o Orçamento Secreto entre candidatos à Presidência. A parlamentar afirmou, em diversas ocasiões, que a prática configurava corrupção. Ocorre que Thronicke foi beneficiada com mais de R$ 95 milhões das emendas de relator.

Além dela, em 2020, a senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP), que é candidata à Vice-Presidência, foi contemplada com mais de R$ 19 milhões por meio das emendas. Juntas, as duas parlamentares que disputam o Palácio do Planalto já indicaram mais de R$ 115 milhões em emendas de relator nos últimos três anos.

ELEIÇÕES 2022

Lula foge do penúltimo debate entre candidatos no SBT

Lula foi o único dos candidatos que negou ao público a possibilidade de comparar suas ideias e propostas com os demais

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) fugiu do penúltimo debate com os candidatos à Presidência da República. O debate foi organizado por Veja, em parceria com SBT, CNN, Terra NovaBrasil e Estadão/Eldorado, e contou com a participação de Jair Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (PDT), Simone Tebet (MDB), Soraya Thronicke (União Brasil), Felipe D’Avila (Novo) e Padre Kelmon (PTB).

Os escolhidos são os únicos cujos partidos têm, no mínimo, cinco deputados federais.

ELEIÇÕES 2022

Cidades do MA preparam grande ato Pró-Bolsonaro no sábado (1º)

Ações também devem marcar protestos contra os sete anos de governo do comunista do ex-governador Flávio Dino

Apoiadores e entusiastas de Jair Bolsonaro no Maranhão pretendem realizar um grande ato em apoio no sábado (1 de outubro) que antecede a eleição. Os organizadores esperam repetir as manifestações do 7 de setembro, quando cerca de 100 cidades do estado registraram atos em comemoração à Independência e em apoio a Jair Bolsonaro.

“O dia 1º de outubro vai ser o dia em que iremos marcar a liberdade do povo no Maranhão. Vamos mostrar, pela primeira vez, que o povo é soberano e está acima da classe política”, disse o ativista e candidato a deputado estadual Edu Andrade.

Por conta da descentralização da organização, os atos devem consistir de motociatas, passeatas, caminhadas e encontros em locais determinados.

Em setembro foram registrados atos em: Arame, Bacabal, Balsas, Barra do Corda, Barreirinhas, Bom Jardim, Caxias, Chapadinha, Codó, Formosa da Serra Negra, Governador Luiz Rocha, Igarapé Grande, Imperatriz, Lago da Pedra, Maracaçumé, Mirador, Mirinzal, Pedreiras, Pinheiro, Pio XII, Porto Franco, Santa Inês, Santo Antônio dos Lopes, São Domingos do Maranhão, São Luís, São Mateus, Timbiras, Turiaçu, Tutoia, Viana e Vitorino Freire.

“Seremos mais de 100 mil nas ruas do estado. De forma ordeira, sem ajuda, sem mortadela, sem violência e com muita civilidade”, aguarda Mariana Carvalho.

Os atos devem acontecer ao longo do dia e se estender até às 22h da noite de sábado, quando cessam oficialmente por determinação do Tribunal Superior Eleitoral toda e quaisquer manifestações eleitorais.